Em parceria com o Sebrae, governo libera crédito de R$ 21 para MEI

O Governo de São Paulo, em parceria com o SEBRAE e outros parceiros, está oferecendo crédito com condições especiais a microempreendedores individuais (MEIs). O objetivo é ajudar os pequenos proprietários de negócios a melhorarem suas empresas ‘ produtividade.

Leia mais: Governa aumenta subsídios do programa Casa Verde e Amarela

Cerca de 600 empresas fecharam suas portas no Brasil durante os dois anos da pandemia, mostram dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD). Para que isso não continue ocorrendo, criou-se o Programa de Emprego Rapid.

A iniciativa é baseada em pilares como capacitação em gestão, qualificação técnica, diretrizes para formalização e acesso ao crédito. Tudo isso através do portal do programa.

Linha de crédito

As linhas de crédito sob medida para MEIs e produtores rurais com CNPJ são concedidas sob as seguintes condições:

  • Tendo concluído o curso do Programa de Emprego Rapid, Super MEI e outros programas aprovados;
  • Não ter restrições de crédito anexadas ao Serasa e ao CADIN State (exceto para informal).

O empréstimo tem taxas de juros de 0,35% a 0,70% por mês + 1% TSF act + FDA. O limite varia de R$ 200 a R$ 21, para parcelamento em até 36 vezes. A carência é de até 3 meses.

A pessoa interessada em contratar deve acessar o portal e se cadasalar nos cursos disponíveis, que geram certificados após a conclusão. O acesso às opções de empréstimo é liberado mediante a apresentação deste certificado.