Começa a valer novo RG Digital e já tem Prazo para cidadão solicitar

A nova carteira de identidade nacional, comumente conhecida como RG digital, entrou em vigor. O novo modelo de RG entra em vigor em todo o país a partir de 1º de março.

Embora já esteja em vigor, os cidadãos terão tempo suficiente para trocar o atual RG por um novo documento, que trará mais modernidade e segurança aos cidadãos.

O novo RG digital terá o Cadastro de Pessoa Física (CPF) como número oficial do documento, ou seja, os cidadãos não terão mais um número específico para o RG e o CPF não terá mais outro número.

Mas por que o governo deveria alterar o documento?

O governo implementou o novo RG por vários motivos, incluindo a adição de mais itens de segurança ao documento.
Implementar códigos QR que permitam a verificação online e offline de documentos e modernizar os documentos para cumprir as normas do MERCOSUL.

Isso porque cada estado tem seu próprio número de RG, portanto, se um cidadão obtiver uma primeira via em um estado e depois solicitar uma segunda via em outro estado, o cidadão terá dois números de RG.

Ao final de toda a conta, cada cidadão pode ter até 27 números de identidade no Brasil, o que é um grande retrocesso no país em relação às carteiras brasileiras.

Como a carteira de identidade e a previdência são unificadas, a própria previdência é emitida apenas uma vez em todo o país, para que não haja uma “falha” tão grande, existem vários números de RG diferentes.

Quando devo trocar meu RG por um novo?

Enquanto já estiver em vigor, os brasileiros terão até 2032 para trocar os arquivos que possuem atualmente pelo novo modelo RG.
Então o documento atual ainda tem validade de 10 anos para a população com menos de 60 anos, então toda a população tem tempo de sobra para trocar o documento sem desespero ou preocupação.

Portanto, somente após 2032, o atual RG deixará de ser considerado um documento oficial e não será mais aceito pelo governo.

Como faço para pedir um novo RG?

As solicitações de novos RGs já podem ser feitas, porém, devido à extensão das mudanças, o governo federal estabeleceu o prazo de março de 2023 para que os órgãos estaduais de identificação se adaptem às mudanças na emissão de documentos.

Por isso, o primeiro passo para obter um novo RG é ir a um órgão de identificação civil, como Poupa Tempo e Expresso Cidadão, e perguntar se seu estado já está emitindo novos documentos.

Se você já está emitindo, basta solicitar um novo ID digital com sua certidão de nascimento ou certidão de casamento.

O documento estará disponível em duas versões, sendo a primeira em papel de segurança ou cartão de policarbonato (plástico) e a outra disponível digitalmente pelo aplicativo gov.br via celular.

Se o seu estado não emitiu um novo ID e não foi informado quando começará, os cidadãos terão que esperar até março de 2023 para solicitar o ID.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.